Pronunciando silêncios

O meu barco perdeu o rumo desprovido que está do barqueiro mas espera ainda que o rio corra para o mar… e um dia chegará a esse porto mais que sentido.
Por agora apenas a voz de nascente limpida me permite ir vogando à deriva…entre pronuncios de morte.

Com a tag

Um comentário em “Pronunciando silêncios

Os comentários estão encerrados.