Memórias

Houve um tempo em que pensei que a tinha realmente perdido. Foi o desgosto da perda da mãe, e a negação de um amor que tentou abandonar por ter perdido a coragem de lutar.
Mas existem anjos. Foi quando apareceu a Lou.
Incentivou-a a procurar nossas origens, deu-lhe um novo rumo, um objectivo.
Filhas de pai português e mãe brasileira, nascidas no Brasil, saidas do Rio demasiado novas para lembranças. Vivemos envoltas em memórias que tentaram apagar para evitar sofrimento numa mãe que nunca mais pisou o seu chão.
E ela fez-se ao mundo para apaguar as mágoas e procurar o outro lado das nossas sementes…

4 comentários em “Memórias

  1. é bom mexer um pouco nas lembranças para evitar psiquiatars de plantão , com seu fantasmas pitotecnicos e suas respostar psicotròpicas!!
    o Melhor Remedio sempra será o Perdão, o Nosso e os dos outros…bom final de semana!!

    Curtir

  2. Vocês mimam-me 🙂 , ajudei com um pouco do meu remédio, porque a vida é mais que olhar para trás e baixar os braços. É também procurarmos o que nos faz sentir bem e acreditarmos que os outros nos podem ajudar. Beijo grande para vocês .

    Curtir

Os comentários estão encerrados.