No seu lugar…o sonho

….e ainda te sonho como se as promessas tivessem sido concretizadas, como se os quereres tivessem sido alimentados pela pele vestida com a tua presença, como se os dias, os anos, os lustros fossem coisa de histórias de encantar e só servissem para entreter  realidades…
….e ainda te sonho, com as borboletas a percorrerem todos os poros da minha pele,  por ti (só a barriga não chega) por ti e só por ti, vagueio pela realidade das nossas promessas acreditando, que mesmo depois de anos, dias, lustros, hás-de chegar,  espantar as borboletas, para ocupar o seu lugar, o teu lugar…