Planos

Diz a tradição que por esta altura devem fazer-se as resoluções de ano novo.Este ano, não tenho resoluções, para não cair no dejá vu de não cumprir quase nenhuma. Tenho Planos! Vou “apegar” os sonhos aos planos para que haja a força e resiliência necessárias para continuar. Augura-se um ano difícil,  mas, não terão sido difíceis os anos que temos passado ultimamente? A esperança é o combustível da vida e , por enquanto, ainda não tem nenhum imposto que lhe acrescente o custo, sendo que não custa nada esperar: esperar um ano novo com alegria, sonhos, planos e vontade de os realizar; esperar que o novo ano nos traga novas experiências que nos influenciem positivamente e nos abram novos caminhos onde possamos ir mais longe; esperar que no fim do próximo ano nos sintamos ainda com muita vontade de ir mais além. E esperando que a tarde e a noite sejam calmas, aqui onde a dor vem fazer o seu ninho, espero também que o ano novo vos traga  a saúde e a paz que é essencial à vida… Até para o ano!