Talvez seja cansaço , sim, tens razão. Talvez a culpa seja do cansaço, da inércia ( posso por aqui a tristeza ou isso também é assunto tabu? OK! Não falamos na tristeza! ) então… ficámos na inercia, sabes que mais? Não concordo com essa prespectiva negativa que me colocas nos labios como se fosse minha. Não é. Digamos que sou prudente, prevenida, que de partidas do destino às vezes sem hora de chegada, me fui fartando ao longo dos tempos. E eu ainda continuo à espera que chegue. Porque para mim ainda la está tudo. Longe, quase sem notícias, distante o suficiente para me manter diariamente com o coração nas mãos. Dir-me-ias que tenho coração de mãe? Qual é a forma do teu coração? Achas que cabo lá dentro? E não os heróis não parecem maiores ao longe, pelo contrário, eles parecem ainda mais reais de perto e por isso muito melhores. Mas não me alongo mais que a noite é longa e eu, como sabes, gosto bastante de dormir. Renova-me
        .