filosofias existenciais, Memórias, Ser

Reflexão da saudade

Tenho saudades. Tenho saudades e não sei de quê, se isso é possível...? Sento-me. O banco está frio e duro e sou eu que tenho que me moldar a ele para me sentir um pouco mais confortável. O vazio no estômago forma-se como se fosse uma bola e sobe-me pelo peito. (Suspiro) . Sem dúvida,… Continue reading Reflexão da saudade

Anúncios
a educação ao próximo, Memórias

360º de novidades

Era um dia igual a tantos outros...Talvez um pouco mais cinzento. O céu, coberto dessa fina colcha cinzenta de algodão, que aconchega o céu à terra e mantém o frio cá em baixo, junto aos ossos que se deslocam por aí, não dava sinais de querer mostrar o sol. A janela estava entreaberta. Daquela janela… Continue reading 360º de novidades

Memórias

Dizes que não te escrevo

href="http://www.bloglovin.com/blog/11854475/?claim=f9ppfy5eruk">Follow my blog with Bloglovin É do tamanho de uma azeitona. Já foi maior, também já foi mais pequeno... Dizes que não te escrevo, e fazes disso uma birra, como se de uma criança te tratasses.Trato -te como tal! Uma criança mimada, que emburricou e não sairá jamais do lugar, se não acontecer o que ela quer. Pergunto-me… Continue reading Dizes que não te escrevo