Contagem de peso

Depois das várias tentativas para perder o excesso de peso que fui ganhando por preguiça, gula e provavelmente descuido, parece que desta vez acertei na receita. Nada de restrições excessivas ( a não ser a doces que tal como outro vício qualquer , se tornaram quase uma obsessão) apenas a substituição de algumas refeições por opções saudáveis e uma ajuda para controlar o apetite mantendo o sabor doce que me é tão necessário. O pequeno almoço que era controlado pela ( pensava eu) insubstituível papa cerelac ou pelos cereais com sabor a infância, passou a ser oferecido com o patrocínio da minha nova ajudante para manter o fluxo de caixa mais ou menos estável ( traduzindo… a oriflame ) e, quando há tempo suficiente para enriquecer a receita, a fruta, que descobri, não pode de modo algum ser retirada da minha dieta diária. Embora tenha tendências obsessivas, a verdade é que a balança não é a minha maior preocupação. Mas hoje tive uma surpresa boa. Ao fim de uma semana a praticar este meu novo ritual de saúde, sem grandes sobressaltos ou sofrimentos desnecessários a minha “cara” amiga balança presenteou-me com menos um kilo e meio na contagem. Só assim, sem mais grandes distúrbios. Um Kilo e Meio! Oh Deus! como há coisas tão simples que nos fazem sentir tão bem…( daqui a uma semana: nova pesagem!)