Resistências

Parece-me sempre que repito a mesma coisa 1 milhão de vezes mas esta é, de facto, a melhor altura dos meus anos.
A transferência da casa, como se fôssemos caracóis, para junto do praia, é como se a brisa marinha nos entrasse na vida e reajustasse as trouxas. É um ar que nos dão.
Aqui os pássaros ainda cantam para que os consigamos ouvir, as ondas mantêm o seu ritmo durante as 24h e dão-nos a certeza de que, melhor ou pior, o Verão será sempre Verão e a água salgada irá lavar e refrescar o corpo, para se aguentar, com toda a boa energia que conseguirmos acumular daqui, tudo o que outro ano nos poderá trazer.
É este o principio. A certeza que a esperança dos dias grandes, ainda cabe dentro de tudo o que quisermos fazer.