Memórias

Ausências

" Não há tempo morto. Nem há falta de tempo. Há o tempo e a ausência de tempo. O tempo é vida. A ausência de tempo é morte. Nós temos um intervalo entre nascer e morrer. Só um. Só um intervalo. Só um tempo. Só uma vida. Não somos obrigados a abraçá-la. Podemos até não ligar… Continue reading Ausências

Anúncios
Memórias

Das quedas…

Lá por casa a segurança sempre foi uma obsessão. Coisas alucinadas do género de nunca viajarmos todos no mesmo avião ( porque se caísse não morreríamos todos de uma vez), fechar todas as portas, as luzes, desligar todas as tomadas eléctricas, a torneira de segurança da água e do gás sempre que nos ausentamos por… Continue reading Das quedas…

a great big world, Ser

Mudanças

Vamos mudar tudo outra vez. Outra vez? Sim, outra vez Estilo querido mudei a casa?  Não!  Estilo finalmente cheguei a casa.  E agora?  Agora? Agora vamos arrumar as coisas velhas, para deixar campo para coisas novas e dar novas cores e nova vida ao espaço.  Muito gostas de te andar sempre a mudar. Mudar é… Continue reading Mudanças

Memórias

A minha tribo

Fomos sempre chamadas de índias e nem sempre fomos uma tribo pacífica... mas esse era o tempo em que a casa ainda não era a dos netos... mais pequena, o nosso quarto era minúsculo mas os beliches permitiam a  nossa presença e a de mais 2 num espaço que visto de agora me faz pensar em como… Continue reading A minha tribo