Montagens e desmontagens de maus feitios

Fazemos tudo à vez, até o mau feitio.
Nestes tempos em que nos andamos a tentar  ajustar às novas rotinas ( e a que o mocho Abel muito tem ajudado) as horas de sono têm sofrido um pequeno rombo, assim como os hábitos e costumes. A alvorada passou a ser às 6.30 já que às 7.30 temos que estar no mocho Abel (se quero estar a horas no local de trabalho). Todas as previsões de necessidades têm que ser feitas de véspera e estamos a tentar ser mais responsáveis com as ” nossas coisas”  tendo em conta que temos idades diferentes, necessidades diferentes e responsabilidades diferentes. Temos sobretudo que deixar de contar com as “bengalas” que os avós nos davam em todas as ocasiões e lembrarmo-nos que apesar de meninos não podemos contar com que tudo nos caia no colo, sem esforço. É difícil? É sim senhor! especialmente se tiver 7 anos e achar que dormir é um desperdício de tempo ou se tiver 11 e achar que todo o esforço que tiver que fazer a mais pode sempre ser responsabilidade dos outros…estamos portanto, de novo, em fase de formação cívica e familiar, que é uma coisa boa e me dá um certo prazer ( até ao ponto em que perco a paciência e saco do bolso a velha máxima: VAMOS A PARAR DE REFILAR e começar a pensar com a cabeça, ok? ). Na primeira noite a falta de sono do pequeno resultou numa birra e refilisse durante o dia de ontem, que se acalmou com a montagem de um bionicle (que esteve anos dentro da caixa à espera de ser montado) e ir para a cama às horas devidas,  no grande a descoberta de que quando estou um dia inteiro fora de casa ( e quando digo um dia inteiro são exactamente 24h ou mais…)  ele vai ter que fazer o “esforço” de pensar nos livros que lhe farão falta durante dois dias e organizar sozinho o enchimento e vazamento de mochilas se não quiser andar com todos os livros para trás e para a frente entre a casa dos avós e do pai ( o que implica ter uma chave de casa e abrir a porta sozinho): coisas muito difíceis portanto… Ah! como é difícil a vida de criança!!! Já vou avisando: amanhã é o meu dia de estar com mau feitio, combinado?