palavras

O que é a vida. Amor?

Conversas de Bica

É noite e a luz da lua cobre com o seu nobre manto pálido, numa coloração semi-gelada o calor que a Terra ainda evapora.
– Sonhas…
-Como sempre…
– Com que sonhas?
– Com um país edílico onde a natureza terreste faz amor, permanentemente, com o cosmos que a envolve.
– Fascina-te a natureza…
-Sempre, toda ela. A perfeição dos corpos, animais e vegetais, assim como dos corpos celestes. A dança contínua entre a quimica e a física, que se atraem e repelem num movimento incessante que produz energia…a criação ( biologica, psicológica, até a menos lógica) a mística dos segredos da perfeição matemática, as propriedades curativas escondidas na natureza combinadas com as cabalas e as superstições. Tudo o que abarca a vida me fascina.
– E o que é a vida?
Olhei-te. A pergunta não se enquadrava no quadro de referências que tenho de ti. Não que seja de…

View original post mais 334 palavras

Anúncios
palavras

Dizer a saudade de ti

Conversas de Bica

…e agora?

Aprendi a desdizer o amor. Escondido por trás das pedras da calçada ficou seguro das passadas, dos apressados e das pisadelas de salto fino que se  fincam na carne.

De que falas tu?

Falo da facilidade em dizer o amor que já não me descorre.
Dizia-o com a facilidade de quem canta uma canção e sentia-o ainda mais forte, no peito que se enche de emoção de cada vez que se preocupa com quem o preenche.

Dizias. Já não dizes?

Já não me é fácil. Roubaram-me a linha condutora que liga a boca ao coração e desligaram a ficha da saudade quando julguei não poder voltar a, realmente saciá-la. Também se sacia a saudade sabes? Sacia-se a saudade quando os olhos nos dizem o que corpo sente e a boca confirma depois. Sacia-se a saudade na verdade dos factos, no

senti a tua falta

ou no

pensei em…

View original post mais 134 palavras