palavras

Em modo automático

Ainda me estou a tentar entender com tudo isto, apesar de parecer que já me oriento bem com ela. Não consegui ainda compreender os mecanismos que despoletam a crise embora já reconheça os primeiros sintomas de que vai haver desgraça próxima. De cada vez que tenho uma crise descubro um novo pormenor. Na verdade, cada… Continue reading Em modo automático

Anúncios
da nossa vida

Bio ritmos

Hoje perguntaram-me se ainda estou de férias, que nunca mais me viram. Bom, é natural! Quando ingressamos nisto de ter uma carreira na enfermagem, explicam-nos muita coisa, mas nunca nos explicam que, com o passar dos anos, a maioria das amizades passa para um plano meio virtual, se as quisermos manter, e que a vida… Continue reading Bio ritmos

Poesia

Perder

hoje foi dia de nova consulta e por isso nova viagem à capital. Disto o bom foi ter cumprido uma promessa. Gosto de cumprir o que prometo mesmo que isso me exija esforço ou sacrifício. Não foi o caso hoje, quem prometeu esforçar-se e cumpriu merece uma promessa cumprida e viajar de comboio até é… Continue reading Perder