…e chegámos ao natal, outra vez!

Hoje foi um dia mau, tenho muitos assim. Não sei se é característica das mães solteiras, as dúvidas, as incertezas , o constante questionar dos caminhos escolhidos. Hoje não me apetece fazer nada. É nestes dias que a sopa é a minha melhor amiga. Uma sopa poderosa é um bom alimento e já está feita, porque a faço para a semana. Entre conversas sempre me vão distraindo, a playstation dá a banda sonora e o Fifa 15 a diversão que me permite o sossego possível. Não sei se vos acontece mas o Natal é altura de angústia ( podia fazer uma piada e dizer que para o ano já não vai ser assim, vamos ter de volta as 35h e todos os cortes sobretudo nas horas de qualidade que nos tiraram – não me apetece brincar com coisas sérias). Ainda assim os rituais fizeram-se para ser cumpridos e é obrigatória a decoração – sempre gostei de decorações de natal, as luzes e as cores são talvez o que mais me enche o coração, sem falar no aconchego das pessoas que nos são próximas. Não sou dotada de mãos de fada mas esforço-me e como tenho  uma ironia refinada acabo muitas vezes a rir das minhas próprias obras. Pelo menos tento, que me podem acusar de muitas coisas na vida mas nunca de não tentar

Achei esta ideia gira e tirei daqui