Dias Maiores

Os dias estão maiores e isso sente-se em cada poro da nossa pele. Futebol, hóquei, pouco tempo para mim. O regresso a casa naquela luz morna a entrar pelo vidro, depois do dia de desporto. Sol que nos escuda do frio que faz lá fora e que nos garante que a primavera vem aí, de novo. Temos todos saudades do verão, do nosso tempo mágico, o nosso tempo maior, a nossa vida de sonho, de verão.
Antes disso, a noite fria que precedeu o domingo de sol. Esteve frio, por aqui. A noite foi aquecida por uma das coisas que mais gosto: música, boa música! É bom ter acesso fácil a boa música e isso é mérito da autarquia, mas a música é mérito de quem a faz e quando com boa música vêm profissionais que se nota, à distância, que adoram aquilo que fazem, é difícil não ficar fã. Um espectáculo não se compõe só de notas: é o som, a luz, o ambiente, a companhia e garanto-vos, estes senhores sabem o que é fazer espectáculo! Obrigado por me aquecerem a noite, por me fazerem cantar, obrigado por me fazerem feliz por um belo período. Adorei

Há quem diga que todas as noites são de sonhos. 
Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isso não tem muita importância. 
O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado.”

William Shakespeare