No dia em que escrevi um livro

Para ser sincera, não me lembro bem em que ano foi mas talvez tenha sido em 2011. Foi o ano em que levei o meu livro à feira do livro de Lisboa, no pavilhão do sítio do livro. Foi a primeira vez que fui à feira e não voltei a ir . Foram uns anos difíceis e difusos de que a minha memória guarda apenas flashes. Sei agora que se deve ao burnout e à depressão que entretanto foi tomando conta dos meus dias e que decidi encarar de frente este ano. Já chega de fazer de conta que não vejo que não sou eu quem tem vivido os últimos anos, tem sido uma sombra de mim. Mas não é disso que quero falar hoje.

Desse dia de experiências novas, guardo poucas boas lembranças por motivos que não vêm agora ao caso, mas das boas lembranças que guardo, para além do momento em que começou a minha hora, foi do momento antes, em que se aproxima de mim um rapaz ( das minhas idades , bem se vê) descontraído e perfeitamente à vontade como se fosse um passeio no parque ( ao contrário de mim que estava uma pilha de nervos sem saber muito bem o que esperar daquilo, naquele meu típico: mas porque raio é que te metes nestes enredos, meu Deus???!!!!😭 ) . Esse rapaz era o Armando e desde então tenho lido todos os seus livros. Gosto genuinamente do que escreve e como escreve. Sou fã de ficção científica e os livros dele misturam o romance com a tecnologia e o futurismo numa receita que a mim, me agrada bastante.

Quando soube que o Armando iria voltar à feira com o seu novo livro pensei de imediato em lá ir nesse dia. Fiquei encantada com a dimensão da feira, com os preços, com as novidades e as antiguidades maravilhosas que por lá se podem encontrar. Para além disso é difícil para os pequenos autores chegarem a ter alguém interessado, ou até mesmo curioso com aquilo que escrevemos e achei que seria giro ir lá dar-lhe o meu apoio. Infelizmente a hora dele vai calhar num dia em que já tenho planos para a minha vida. Não quis, no entanto, deixar em branco o lançamento do seu novo livro. Porque sou de facto fã da sua escrita e porque lhe desejo muito sucesso.

Espero que venhas a ter muito sucesso no teu futuro!