Fotografia, músicas da minha vida, palavras, Poesia, T(extos) E(ntre) S(onhos)

Viver do que restou cá dentro

Queria escrever sobre o dia.  Há dias em que as mágoas caminham connosco como se fossem sombras ao calor tórrido da planície de que não conseguimos vislumbrar o fim. Hoje sou restolho. Espero uma pequena morte interna para nascer de novo. Sinto falta de algo novo que volte a fazer -me sentir, vibrar. É esse o destino de quem procura novo… Continue reading Viver do que restou cá dentro

Anúncios
da nossa vida, filosofias existenciais, litoral alentejano, natural como só eu, palavras, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio

O início de mais um ciclo

Oficialmente acaba hoje a feira. Sinceramente, ainda bem, é que, aqui só para nós que ninguém nos ouve, já não aguentava ser adolescente outra vez por muito mais tempo. Abençoadinha feira que é só uma vez por ano. Como diz a minha amiga Mónica R. agora é tempo de chás, detox, alinhamento dos chakras (… Continue reading O início de mais um ciclo

palavras

Ardem-nos as costas. O cheiro pestilento a fumo, o ar baço,pesado, que seca as mucosas. Choro lágrimas pelos olhos que sentem o ar pesado, que traz o sofrimento da vida que arde. Ardem-me também, os olhos. É dia de festa mas a noite está tristemente iluminada pelas chamas que escalam o território que deveria pertencer… Continue reading

a great big world, da nossa vida, litoral alentejano, Memórias, natural como só eu, palavras, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio

Grândola em festa 

...E começa a feira de Grândola. Sabendo que para os outros é apenas mais uma feira/festa, para nós, os "locals" é o evento que marca o ano. Lembro-me que, quando era miúda, os marcos do ano eram a feira e o Natal, ficando o meu aniversário muito aquém da alegria que sentia com a chegada da… Continue reading Grândola em festa 

a educação ao próximo, a great big world, da nossa vida, Domingos em família, filosofias existenciais, Fotografia, litoral alentejano, natural como só eu, palavras, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio, Ser

Regresso às Origens

Enquanto o ciberespaço me retira do ar porque adoro brincar aos engenheiros informáticos a vida faz aquilo que melhor sabe fazer, continua. A lua entra lentamente em quarto minguante e eu, cumprindo a - para mim - pior parte de ser mulher , entro com a lua na fase mais sombria do mês. Ser fumadora,… Continue reading Regresso às Origens

a educação ao próximo, a great big world, Fotografia, natural como só eu, receitas para viver melhor

Arrumar os legos e tudo o resto no seu devido lugar

Ainda me sinto como se estivesse em férias, embora, na verdade, já não esteja há algum tempo. Cá por casa mantêm-se as arrumações anuais mas ainda estou naquela fase em que cada vez que parece que estou a arrumar só me aparece é mais tralha que não sei o que lhe fazer, o que significa… Continue reading Arrumar os legos e tudo o resto no seu devido lugar