Paro para pensar…

 

cropped-4f65e-253d253futf-8253fb253fsu1brzaxmtvfzwrpddauanbn253f253d-753588.jpg

… e depois há aqueles dias em que, do nada, parece que voltamos atrás no tempo. Tudo mudou à nossa volta, como deve ser, sempre, com a marca indelével desse (pouco nosso) tempo que passa mas a fazer lembrar as lembranças. Tempo passado em afazeres de dia de folga, entre cortado com trovas de gente que passa e fica um pouco a trocar ideias. Dias bons, estes, em que o tempo parece dar para tudo e se espreguiça mais lentamente lembrando-me que não foi o tempo que, de repente, se lembrou de andar mais devagar mas que sou eu que já não quero tudo com tanta pressa.