Em repeat 

Uma das coisas mais giras desta coisa de ser mãe de dois é perceber as diferenças que existem entre eles. No entanto há uma coisa em que somos todos iguais e que provavelmente vem escrito nos genes. Temos todos ( quando digo todos, são todos, até os da “casa mãe”, um toque obsessivo. Uma das coisas que fazia muito e que ainda faço, mas com menos frequência, é a de ouvir repetidamente uma música quando gosto muito dela. Pois bem o meu mais pequeno é igual, o que por vezes é bom, outras vezes tira, literalmente, o irmão do sério. Agora por cá é esta que está a dar. E o que me ri e me identifiquei quando ele me disse: mãe, gosto tanto desta música que era capaz de a ouvir “milhentas”vezes. O bom é que por acaso também gosto da música e também já lhe vou sabendo a letra de cor. Já o irmão…

Eheheheh