Música do dia (III)

Há dias que são inesquecíveis por serem bons. Felizes esses. Depois há os outros, os que são inesquecíveis por motivos que gostaríamos de esquecer. São dias que nos ficam agarrados às entranhas, em que há um peso que se cola a nós sem sabermos porquê. Muitas são as formas que a memória tem para nos poupar até ao ponto de ser impossível. Hoje é um desses dias. Foi há 16 anos.