a educação ao próximo, a great big world, da nossa vida, filosofias existenciais, natural como só eu, palavras, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio, Ser

O que me vale é o desporto, que já não tenho vontade para praticar…

Mais uma tarde de sábado, mais um jogo, mais uma Vitória, e é tão bom vê-los felizes. Ainda assim não ando a sentir-me muito capaz de enfrentar uma pré-adolescência que me parece ir ser bem mais difícil que a anterior – que por sorte já passou (é o que dá queixarmo-nos de barriga cheia, a vida acaba sempre por nos mostrar como estávamos erradas) . 

Que remédio, estas coisas não dão para rebobinar e é vivê-las com a fé que no final tudo irá correr pelo melhor, mesmo que agora, as dúvidas de como agir me poluam o pensamento. Não há receitas infalíveis e cada um é como é. É tentar seguir a intuição e o bom senso e não me deixar esgotar à partida, sabendo que esta maratona será bem mais dura do que a anterior. Não desesperar, faltam só mais ou menos 4 anos para isto passar mais, mas avizinha-se uma adolescência também difícil. Portanto, tenho com que me entreter até mais ou menos aos 50 anos…Lá se vão os maravilhosos anos de uma quarentona, pelo cano…😲😣😵😒😕

Anúncios