A beleza está em nós, a educação ao próximo, a great big world, Memórias, natural como só eu, palavras, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio

Há com cada uma…

Depois de ter tirado um daqueles biscoitinhos da sorte do facebook e ter descoberto que a minha felicidade está à distância de um beijo ( isto sou eu agora a revirar os olhos e a pensar para comigo que ele há com cada uma que parecem duas) venho fazer a minha catarse diária para depois ler mais umas linhas de qualquer coisa e chichi, cama.

As parvoíces também são necessárias na nossa vida desde que saibamos distinguir claramente o que é uma parvoíce para nos rirmos e o que é a realidade.

Depois de um desabafo com uma amiga, hoje de manhã, das queixas necessárias inerentes aos 40 anos e a esta coisa de sermos família monoparental, à pouco, ela enviou-me um vídeo que ia partilhar convosco. Mas como sempre, quando entro no YouTube, um vídeo leva a outro e dei de caras com este. Identifiquei-me. Foi exactamente isto que pensei quando cheguei aos 30, com a dificuldade de que já ia tarde para algumas coisas. Levei uma década a tentar colocar tudo na ordem e ainda não consegui, mas contínuo a tentar.

E querer tentar que os miúdos vejam o que eu não consegui ver, basta-me para ter forças e continuar mesmo quando me apetece desistir

Anúncios