a educação ao próximo, da nossa vida, natural como só eu, palavras, Ser

Fotografia mental do dia (IV)

E sei que estou cheia de sono apesar de ter descansado grande parte do dia. Sei que fazer 16 horas seguidas de trabalho é cada vez mais difícil. Sei que as crianças são todas diferentes e enquanto um aparentemente sempre aceitou esta minha necessidade de descanso, depois de um turno de noite, o outro tem muita dificuldade em entender e insiste, porque insiste, na minha presença, às vezes para coisas que no dia a dia já consegue fazer sozinho. O fim do dia e esta sensação de falha permanente, embora eu saiba que o facto de uma criança ser demasiado solicitadora pode não ser falha minha, apenas modo de ser…ainda assim, a dúvida fica sempre presente: onde é que posso melhorar, sem desistir de fazer o que me faz bem e o que gosto? Equilíbrio é uma coisa difícil de manter num sistema dinâmico…

Anúncios