a educação ao próximo, a great big world, natural como só eu

Aquilo que infelizmente estava à vista de todos e ninguém parecia querer ver chega de mansinho, a meio dos jornais portugueses ( pelo que li nas notícias que não as tenho visto, como é sabido. Vou começar a ver) . É altura de começar a fazer entender aos meus filhos a complicada arte da guerra de que os humanos são mestres.

Como quase sempre não escolho um lado, escolho as pessoas, (bons e maus há-os em todo o lado). Nem o Ocidente é o defensor da liberdade dos povos nem a Rússia é uma grande mãe. Todos querem exactamente o mesmo: poder. Se falarmos em carisma de líderes, que se preparem as antigas repúblicas soviéticas, o imperialismo russo vem novamente a caminho…

E assim se vão repetindo as atrocidades cíclicas que o Homem teima em ter dificuldade em aprender que não servem para coisa nenhuma. Entre uns e outros, espero que o português tenha aprendido que a melhor política é a do orgulhosamente sós não olhando a raças, credos ou “lados”. Oficialmente temos os aliados históricos, é sabido, mas temos uma massa populacional que não se inibe de fazer aquilo que a consciência lhe dita. Foi assim que na nossa capital conviveram judeus e o ouro de que foram expoliados. Enfim, pode não ser o mais recto, mas foi o que permitiu salvar uma geração ( que depois viu os seus filhos enviados para África, eu sei…guerra nunca serviu para nada a não ser para apaziguar crises económicas. Quando não há dinheiro faz-se uma guerra que alguém ha-de ficar a ganhar. Historicamente, lá está, ganham sempre os que a financiam…) . Os princípios são tão básicos que me irritam as pessoas não verem à distância o que está para vir.

Eles querem lá saber se são sírios, tchechenos, iraquianos, judeus, indios, ou o que for… eles só vêem o que vão ganhar com isso. Venham daí essas energias renováveis que o maldito petróleo já matou demasiados árabes.

…entretanto russos e americanos aproveitam para brincar às guerras novamente e os britânicos e franceses são os animais de estimação ( cão e gato para ver quem fica com mais restos. Os alemães preparam-se imediatamente para a reconstrução e os suiços há 4 anos que andam a aumentar o tamanho dos cofres) . É nestas alturas que gostava de saber desenhar, sai-me um cartoon que era giro 😈

Perdoa-lhes pai que eles sabem há muito tempo o que estão a preparar…

Esperam-nos tempos maus. Ainda bem que não tenho ninguém meu na tropa.

Uma das muitas paradas que Putin não se inibe de fazer para demonstrar o seu poderio militar ( esta é a de 2017) faz – vos lembrar algo?

Chama-se manipulação da opinião pública e vê-se muito por aí

No minimo…ridículo

É isto…agora pensem…

Bom Domingo !

Anúncios

converse connosco...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s