A beleza está em nós, a great big world, da nossa vida, natural como só eu, receitas para viver melhor

Fotografia metal do dia

Há certas alturas da vida em que me apetecem só coisas boas. Coisas bonitas, ainda que não façam falta, fazem-nos bem. Não sei se esta é uma característica tipicamente feminina, ou se isso são coisas, fruto da educação, que não existem, mas o que é facto é que há certos dias que me apetecem “coisas de gaja” .

O J hoje trouxe chocolates em agradecimento de lhe ter permito uma manhã em casa com a companheira. A manhã não é a melhor altura para os chocolates, para mim, porque lhes consigo resistir facilmente, mas numa saída de vela são fatais. Soube-me bem a lembrança. Comprei uma revista, não uma dessas de “gaja” mas uma daquelas magazines do Continente, com receitas e cupões de desconto – não se perde tudo – e estou com um daqueles humores a que se chama humor cão. Talvez seja cansaço, talvez nova fase de silêncio, ou simplesmente o Outono a chegar e como tal, os efeitos permanentes do burnout a darem os seus sinais – a sacana da depressão a mostrar os seus sinais…

Adeus Verão, está na altura de voltar à gruta e aguardar por melhores dias…

Anúncios