A beleza está em nós, a educação ao próximo, da nossa vida, Fotografia, Memórias, natural como só eu, palavras, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio, Ser

A ultima publicação do ano

Dia 30. Está o calendário acabado, é altura de virar a ultima página. Provavelmente não voltarei aqui este ano. Já tenho a lista de tarefas para amanhã demasiado preenchida e há coisas que gosto de fazer no ultimo dia do ano, que vou ver se consigo encaixar com a preparação da ceia. Ano que é… Continue reading A ultima publicação do ano

Anúncios
a great big world, da nossa vida, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, Ser

Silent night

A Zita está doente, a Benedita fez finalmente as pazes comigo ( nem cheguei a perceber porque nos chateamos, mas a psicologia desta gata é para mim um mistério a desvendar todos os dias). O Natal passou com a cantoria do costume e a minha cabeça anda a mil com todos os novos projectos e… Continue reading Silent night

A beleza está em nós, a educação ao próximo, a great big world, da nossa vida, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, receitas para viver melhor, rir é o melhor remédio

De rasca a à rasca e desenrasca

Hoje escrevo da maravilhosa e inesquecível cidade de Coimbra, lugar onde volto sempre que encontro uma desculpa para tal ( e nem necessita ser muito boa - a desculpa, bem se vê) . Estes ares põe-me sempre a disposição em alta e fazem-me bem à saúde ( física e mental) e sempre é uma forma… Continue reading De rasca a à rasca e desenrasca

A beleza está em nós, a great big world, da nossa vida, Fotografia, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, Ser, T(extos) E(ntre) S(onhos)

Caminhos

Há vozes que fazem parte da nossa vida. Nestes momentos em que sou envolvida pelo manto de negro da desesperança, o meu movimento de cura leva-me sempre aos lugares, às pessoas e às vozes que me fizeram feliz. Como se outra vida, de facto, tivesse havido. Uma vida que vivendo, de facto, não cheguei a… Continue reading Caminhos

a great big world, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, Ser

Mudança incompleta

https://youtu.be/WVe80iZtlYU Como um antigo disco de vinil riscado é frequente revisitar lugares na minha memória e no coração. Nos inúmeros artigos que se espalham por as inúmeras plataformas que utilizamos hoje para nos informarmos, é comum ler que o nosso cérebro está mal programado e nos faz guardar mais facilmente os maus momentos do que… Continue reading Mudança incompleta

A beleza está em nós, a great big world, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, rir é o melhor remédio

Entre dos tierras

Uma das músicas de que mais gosto é uma música que, provavelmente poucos se hão-de lembrar. Escrita pelas mãos de nuestros hermanos, devolve-me sempre a uma época boa, altura em que aprendi a ser o que sou hoje. Desde aí tem sido apenas trabalho de reconstrução, redirecionamento e afinação. Goste-se ou não, os anos 90… Continue reading Entre dos tierras

a great big world, da nossa vida, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, Ser

Stupid things I do…

Esta é, sem dúvida nenhuma, nos últimos tempos, a melhor hora do meu dia. A hora em que já fui fazer a minha obrigação laboral, chego a casa e está tudo em silêncio e paz. Os miúdos dormem e eu fico sozinha, com os meus pensamentos. Desde que os fui ver que esta música não… Continue reading Stupid things I do…

A beleza está em nós, a educação ao próximo, a great big world, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, palavras, Ser

Another version

Detesto censura, qualquer tipo de censura. A verdade é que o poder da imagem nos distrai. " O essencial é invisível aos olhos" já nos dizia Antoine de Saint-Exupéry no seu conto. Podia ter cantado vezes sem conta esta letra quando entrei em bornout. Muito da dissociação que senti, canta-se nesta letra. https://youtu.be/mdJDPepGOAM Quanto a… Continue reading Another version