músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, palavras, Ser

Ouve, sem prejudicar

Por hoje é isto... E música, claro, que me sinto como se tivesse sido picada pela mosca do sono, o que no dialeto do meu corpo significa cansaço, mesmo que para os outros não aparente motivos para o ter. Desde que " queimei os pistons" nunca mais fui a mesma, essa é que é a… Continue reading Ouve, sem prejudicar

Anúncios
A beleza está em nós, a great big world, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, palavras, Poesia, Ser, T(extos) E(ntre) S(onhos)

30 seconds…so little time

Estou há quase uma semana a tentar decidir-me. Se for, vão ser a banda, não portuguesa, par dos Linkin Park, que mais vezes vi ao vivo. Iria fazer-me bem ir vê-los. Acho o Jared um verdadeiro artista, muito para além da criação musical e isso agrada-me. Os espectáculos são muito mais do que musicais, são… Continue reading 30 seconds…so little time

A beleza está em nós, a great big world, da nossa vida, filosofias existenciais, Memórias, natural como só eu, palavras, Poesia, receitas para viver melhor, Ser, T(extos) E(ntre) S(onhos)

Dos dias que valem as penas

Hoje foi um dia em cheio. Um dia grande. Daqueles dias em que sem se dar conta, fizemos de tudo um pouco e até conseguimos esquecer-nos de coisas muito importantes. Chego a esta hora já "para lá de Bagdad" mas satisfeita comigo, quase como se estivesse completa. Estava com algum receio de não fazer o… Continue reading Dos dias que valem as penas