Alguém me diz o que se passou além do desporto, este fim de semana??? 

Empatámos, ganhámos e perdemos. Um fim de semana em que só me lembrei de casa para dormir. Um turbilhão de emoções e algum nervosismo à mistura. O único jogo que foi ganho foi o único em que não ficou claro o merecimento. 

Falo do “meu” HCPG, em séniores e escolares e dos sub-17 do grandolafoot. Bom, na verdade, já vi a equipa de futsal a jogar melhor mas também já os vi a ganhar com equipas que jogavam bem melhor. Isto para concluir que a vida é tramada, nem sempre nos dá o que merecemos e nem sempre merecemos o que nos é dado. Ainda assim à que vivê-la sem baixar os braços, sem desistir, sem nunca deixar de procurar, de insistir em procurar o que nos falta, o que nos faz falta

“… cada vez que o Homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida, entre as mãos de uma criança…”   António Gedeão

Terminámos o Domingo com vista para a Arrábida, cansados e pensativos ( à excepção do Afonso, claro, que pensa em voz alta e sempre com a turbina ligada. Ps: este miúdo ainda vai “arrumar” com o pouco que sobrou da minha energia! Alguém sabe de algum – bom – carregador de humanos???) . 

É bom ter um adolescente sereno em casa para contrastar com o excesso de energia do pré-adolescente. Talvez seja apenas mais uma forma que a natureza encontre para procurar o equilíbrio ( mais que não seja o meu) . 

E que “coisas femininas” fizeste tu este fim de semana, perguntam vocês? Bom, fui mãe e chegou para preencher todos os minutos dos dias. 

Requiem for a lover

Às vezes, por motivos inimagináveis, há músicas, que nos marcam logo da primeira vez que as ouvimos. Esta foi uma delas. Porque ainda hoje ando a tentar compreender o que me prende a esta terra que tanto me ensinou, tanto me deu e tanto me tirou…

Em contagem decrescente para virar, finalmente,  a página mais triste da minha história mas que me fez passar de miúda a Sra. 

Como me chamou o Romão hoje, sra Ana Lúcia, Bica acrescentam-me os genes.

Foi um gosto aprender o que aprendi, que prazer é uma coisa muito diferente! 

O livro 


Promete-me que quando o livro se fechar

Quando a história se acabar 

Te vais lembrar

De mim

Promete-me que 

Se os olhos se fecharem 

Quando as lágrimas se acabarem

Te lembrarás de mim

Se te lembrares 

Como as histórias acabavam

Quando os olhos se fechavam 

Sei que o amor não terá fim 

Enquanto andares por ai


O livro da vida é igual ao do amor

Se olhares com atenção

Vês melhor 

o que diz o coração 



[Il Libro Dell’ Amore (The Book of Love) (feat. Zucchero)]

Il libro dell'amore mi annoia
E pesa come l'anima
È pieno di
Carezze al cuore
E modi per danzare
Ma mi piace quando lo leggi tu
E tu di più
Tu puoi leggermi il cielo al blu

Il libro dell'amore suona
Nasce così
La musica
A volte un pò
Banale stona
A volte solo stupida
Ma mi piace quando la canti tu
E tu di più
Tu puoi cantarmi il cielo al blu

Il libro dell'amore mi annoia
È stato scritto tanto tempo fa
Pieno di fiori
Nella notte buia
Che non sappiamo cogliere
Ma mi piace quando li cogli tu
E tu di più
Dovresti darmi fede in più
Ma mi piace quello che sei tu
E tu di più
Dovresti darmi fede in più

Fedi nuziali e fede in più

https://youtu.be/iWrIjN27w_M