A beleza está em nós, a educação ao próximo, natural como só eu, Ser

Recomeça a época

Coisas boas de trabalhar por turnos é ter folga a uma segunda-feira. Bom folga, folga, não é mas funciona como tal, já que me preparo agora para ir trabalhar. Foi uma semana simpática, acabei por ir ver o concerto de 30 seconds to Mars e tive um fim de semana em cheio, com o início… Continue reading Recomeça a época

Anúncios
A beleza está em nós, a educação ao próximo, a great big world, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, palavras, Ser

Another version

Detesto censura, qualquer tipo de censura. A verdade é que o poder da imagem nos distrai. " O essencial é invisível aos olhos" já nos dizia Antoine de Saint-Exupéry no seu conto. Podia ter cantado vezes sem conta esta letra quando entrei em bornout. Muito da dissociação que senti, canta-se nesta letra. https://youtu.be/mdJDPepGOAM Quanto a… Continue reading Another version

A beleza está em nós, a great big world, filosofias existenciais, músicas da minha vida, Memórias, natural como só eu, palavras, Poesia, Ser, T(extos) E(ntre) S(onhos)

30 seconds…so little time

Estou há quase uma semana a tentar decidir-me. Se for, vão ser a banda, não portuguesa, par dos Linkin Park, que mais vezes vi ao vivo. Iria fazer-me bem ir vê-los. Acho o Jared um verdadeiro artista, muito para além da criação musical e isso agrada-me. Os espectáculos são muito mais do que musicais, são… Continue reading 30 seconds…so little time

a educação ao próximo, a great big world, da nossa vida, natural como só eu, receitas para viver melhor, Ser

Vai começar…

...a vida difícil de uma mãe com filhos em modalidades diferentes. Amanhã Alvalade do Sado, depois é um sem número de fins de semana preenchidos com jogos e deslocações. Levantar cedo e acompanhar, estar presente, dar apoio. O problema é que eu gosto, descanso pouco, memórias muitas. Na balança da vida parece-me que fico a… Continue reading Vai começar…

A beleza está em nós, a great big world, músicas da minha vida, natural como só eu, Ser

Wake me up

Chega Setembro. Mês de muito trabalho. Começa pelas limpezas e arrumações que começam com uma desarrumação total para depois voltar a arrumar, apenas o que faz falta, no seu lugar. Entretanto a bagunça é suficiente para me deixar desorientada por uns tempo. Depois é tempo de novos horários, novas rotinas. Desliga-se o botão férias, prepara-se… Continue reading Wake me up