palavras, Poesia

Levito

    Levito Sempre que as ideias se encadeiam como fios de cabelo, que, sem direcção precisa, se enleiam em complicados nós de instinto, Sentimentos e razão: Levito! Perco o meu peso no ar, nesse ar que nos sustenta a vida. O ar. O ar de quem não sabe definir a direcção dos pensamentos. Penso… Continue reading Levito

Anúncios
palavras

Um dia ainda vou aprender…

A melhor coisa neste mundo da informática é que podemos fazer delete e reset e puff; pozinhos de perlimpimpim, desaparece tudo ou pelo menos fica bem longe da vista. A memória humana poderia funcionar assim também. Sempre que se quisesse, pufff, lá se iam  todas as memórias ingratas que o tempo não quer apagar...Detesto regras, sempre detestei,… Continue reading Um dia ainda vou aprender…